Avaliação Auditiva no Bebê

A Triagem Auditiva Neonatal (TAN) tem como objetivo identificar, logo ao nascimento, os recém-nascidos (RN) passíveis de serem portadores de uma deficiência auditiva. Para que todos os RN sejam identificados, faz-se necessário que a avaliação auditiva seja universal, ou seja, realizada em todos os RN, e não somente naqueles considerados de risco para desenvolver a perda auditiva. Daí o termo TANU- Triagem Auditiva Neonatal Universal, mais conhecido como TESTE DA ORELHINHA.

Os testes utilizados são as Emissões Otoacústicas e o BERA (Potencial Evocado Auditivo de Tronco Encefálico), que são testes não invasivos e relativamente rápidos.

Entre 1998 e 2004 foram aprovadas leis estaduais e municipais tornando obrigatória a triagem auditiva neonatal universal. Porém em 2010 este direito passa a ser garantido pela Lei Federal nº 12.303.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *